Flamengo vence Inter no Rio e mantém ascensão pós-Mano Menezes

O Flamengo segue sem perder desde a demissão do técnico Mano Menezes e a efetivação de Jayme de Almeida no cargo. Na noite desta quinta-feira, a equipe carioca sofreu, mas conseguiu manter a ascensão ao vencer o Internacional por 2 a 1 no Maracanã, com grande atuação de Léo Moura. O resultado faz o time rubro-negro subir na tabela de classificação, deixando o rival gaúcho para trás.

Desta forma, o Flamengo chega aos 37 pontos e empata com o Internacional. A equipe gaúcha passa por dificuldades na temporada, já que recentemente perdeu o técnico Dunga, demitido justamente por não conseguir dar regularidade ao time. Com o ex-goleiro Clemer no comando e a busca por um treinador no mercado, o time jogou bem, mas não evitou a derrota.

Na próxima rodada, o Flamengo volta a campo no domingo para fazer clássico contra o Botafogo no Maracanã. A partida será realizada às 18h30 (de Brasília). No mesmo dia, mas um pouco mais cedo, às 16h, o Inter terá uma boa oportunidade de reação no Campeonato Brasileiro: encara o lanterna Náutico no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

O Flamengo começou o jogo vacilando frente ao Internacional. Aos 14min, Otávio roubou a bola da defesa rubro-negra e bateu para o gol, mas Felipe pegou. Aos 19min, Chicão falhou, Otávio foi bem de novo e obrigou o goleiro flamenguista a fazer outra boa defesa. A resposta flamenguista configurou o primeiro gol do confronto no Maracanã.

Aos 28min, Willians deixou a bola passar no campo de ataque para Léo Moura, que bateu na entrada da área para vencer Muriel. Antes do intervalo, o anfitrião quase aumentou, em chute de João Paulo bem defendido pelo goleiro colorado, aos 39min. No segundo tempo, o panorama inicial da partida se repetiu: o Inter buscando mais jogo, mas à mercê do poderio ofensivo flamenguista.

A grande chance colorada no Maracanã surgiu aos 17min, quando Leandro Damião ficou com sobra de bola na entrada da área, girou sobre o próprio eixo e bateu com força, mas Felipe mostrou reflexos para espalmar. Aos 27min, Léo Moura foi decisivo de novo: recebeu pela direita e cruzou na área, onde Hernane completou de primeira com os pés para ampliar a vantagem.

A reação do Internacional foi tardia, mas aconteceu. Aos 36min, D’Alessandro cruzou da ponta esquerda, e Rafael Moura apareceu para cabecear, dando mais emoção à partida. Os minutos finais, no entanto, foram de postura totalmente defensiva por parte do rubro-negro. O Internacional não conseguiu evitar a derrota.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 1 INTERNACIONAL

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 10 de outubro de 2013, quinta-feira

Horário: 21 horas(de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Danilo Manis (SP)

Cartão Amarelo: Chicão(Fla); Willians, Jackson(Inter)

Gols:

FLAMENGO: Léo Moura aos 28 minutos do primeiro tempo; Hernane aos 26 minutos do segundo tempo

INTER: Rafael Moura, aos 36 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Frauches(Fernando), Chicão e João Paulo; Amaral, Luiz Antonio, Elias e André Santos; Paulinho e Hernane(Val)

Técnico: Jayme de Almeida

INTERNACONAL: Muriel; Gabriel, Jackson, Juan e Fabrício; Ygor, Willians, D’Alessandro e Otávio(Alex Santana); Caio(Rafael Moura) e Leandro Damião.

Técnico: Clemer