Abel Braga recusa Inter e viaja à Europa de férias com a família

Abel Braga não será o treinador do Internacional. Cotado para substituir Dunga, demitido na última sexta-feira (4/10), o comandante informou à diretoria colorada a recusa ao convite e embarcou com a família para passar férias na Europa. O primeiro destino é Portugal.

A decisão foi confirmada pelo diretor de futebol do Internacional, Marcelo Medeiros. A expectativa do Inter era definir a situação de Abel Braga até as 12h desta segunda-feira. 

Outros nomes são discutidos pela diretoria do time como alternativas para o cargo. Mano Menezes, que deixou o Flamengo em setembro, teria sido procurado pela direção, mas, assim como Abel, só pretende voltar a trabalhar em 2014. Paulo Autuori e Celso Roth também estão na lista.

O preferido do presidente Giovanni Luigi é Tite, que vive fase irregular no Corinthians. Os dois trabalharam juntos no Inter em 2008, quando o atual mandatário ocupava o cargo de vice-presidente de futebol. Oswaldo de Oliveira, que chegou a ser procurado pelo Internacional em 2012, seria outro dos técnicos já empregados na lista do clube gaúcho.

Enquanto isso, o ex-goleiro e auxiliar técnico Clemer comanda de forma interina a equipe na partida contra o Fluminense, às 16h (de Brasília) deste domingo, em Caxias do Sul. O Inter aparece na 10ª colocação da tabela do Campeonato Brasileiro.