Líder, Cruzeiro faz 4 na Portuguesa no 1º tempo e mantém rotina de vitórias

O líder Cruzeiro conseguiu, nesta quarta-feira, uma vitória digna da excelente campanha que tem feito no Campeonato Brasileiro 2013. Em casa, contra a Portuguesa, o time mineiro goleou por 4 a 0 com todos os gols marcados no primeiro tempo. O resultado mantém a rotina de vitórias da equipe celeste, que venceu dez vezes nos últimos onze jogos e soma 56 pontos. Já a Portuguesa, que tinha conseguido uma reação, freou nos 31 pontos, ainda perto da zona de rebaixamento.

O começo de jogo do Cruzeiro já foi arrasador: aos 6min, após falha de Corrêa, Borges chutou forte, mas na trave. Everton Ribeiro apareceu sozinho para aproveitar o rebote e marcar. Aos 14min, a vantagem foi ampliada em um lance parecido: Ricardo Goulart chutou no travessão e Borges aproveitou a sobra para fazer o primeiro gol dele na noite.

Depois, a trave continuou como protagonista. Aos 19min, ela irritou o Cruzeiro pela primeira vez, já que a finalização atrapalhada de Borges não entrou por pouco. Depois, aos 22min, a Portuguesa quase marcou em um chute forte de Souza, mas o travessão evitou novamente.

A Portuguesa até tentou reagir e chegou perto do gol em uma jogada individual de Gilberto, que chutou para fora. Mas o Cruzeiro mostrou sua superioridade novamente, agora em apenas três minutos: aos 27min, Borges recebeu passe na direita e contou com desvio na perna de um defensor para que a bola fosse nos pés de Willian, que não perdoou: 3 a 0. Para fechar o placar do primeiro tempo ainda houve um lance confuso na área em que a bola sobrou para Borges marcar o segundo gol dele.

Com 4 a 0 no placar, a Portuguesa trocou o volante Ferdinando pelo meio-campista Wanderson para tentar atacar melhor. O Cruzeiro até conseguiu segurar o ímpeto lusitano com um bom toque de bola no meio-campo, mas também sofreu um susto aos 21min: Moisés aplicou um belo corte na área e chutou forte, mas Fábio defendeu com o pé.

Desanimada, a Portuguesa passou a não atacar mais e ainda sofreu alguns sustos, como no chute de Lucas Silva aos 37min e na cobrança de falta de Ceará, aos 39min. No mais, bastou o Cruzeiro "cozinhar" o jogo para garantir uma vitória impressionante.