Experiência de Gum é um dos trunfos do Flu para clássico desta quarta-feira

Remanescente da arrancada de 2009, Gum é um símbolo do Fluminense, forjado na fuga do rebaixamento, considerada impossível e calculada, na época, em 98% de possibilidades por matemáticos de plantão. Os momentos de pressão, seguidos por inúmeras conquistas, deram ao camisa 3 do Fluminense tranquilidade suficiente para não se abalar e ainda passar confiança aos novatos. Este é o sentimento do zagueiro para o clássico com o Botafogo, nesta quarta-feira, 2, às 21h, no Maracanã, pela 25ª rodada do Brasileirão.

"O mais importante é não deixar a pressão nos tirar o prazer de jogar bola. Por isso, não podemos permitir que a situação chegue ao ponto de 2009, pois aquela história não se repetirá outra vez. Não somente pela pontuação, mas pelo momento que nunca será o mesmo. A experiência ajudou a passar aos mais jovens e aos que chegaram depois como se recuperar mais rapidamente", explica o zagueiro, que tem 208 jogos vestindo a camisa tricolor e marcou 16 gols.

O bom momento do time, que não perde há sete partidas, com quatro vitórias e três empates, traz confiança e expectativa de ver o Maracanã repleto de tricolores. Gum faz questão de convocar a massa tricolor para viver mais um capítulo da história do Fluminense no Campeonato Brasileiro.

"A presença da torcida deixa a equipe mais forte. O time está voltando a jogar com muita dedicação para brigar por bons resultados. Vamos continuar trabalhando forte para conseguir uma sequência de duas, três vitórias e voltar à briga na parte de cima da tabela", encerrou.

O Fluminense está com 33 pontos e ocupa a oitava colocação no Brasileiro. Se conquistar os três pontos no clássico, o Tricolor poderá chegar à quinta colocação, dependendo dos resultados de Internacional, Vitória e Atlético Mineiro.


Site do Flu