Fluminense apresenta Vanderlei Luxemburgo como técnico 

Vanderlei Luxemburgo, 61 anos, foi oficializado pelo Fluminense e já comandará treinamento a partir das 15h desta terça-feira, nas Laranjeiras.

Depois da primeira atividade no novo clube, Luxemburgo, que substitui Abel Braga, irá conceder entrevista coletiva e falar sobre o novo trabalho. Seu contrato é válido até 31 de dezembro de 2013. Só dois membros de seu estafe chegam ao clube: o preparador físico Antonio Melo e o auxiliar técnico Júnior Lopes.

O nome do técnico era desejo de Celso Barros, presidente da Unimed, principal parceira do Flu. Além deles, foram ventilados Ney Franco, Cristóvão Borges e Muricy Ramalho, campeão brasileiro pelo clube em 2010. A Unimed arcará com ao menos parte dos valores cabíveis a ele. 

Demitido pelo Grêmio em 29 de junho, Luxemburgo assume o Fluminense depois de um mês no mercado e colocará seu prestígio outra vez à prova. Com cinco títulos brasileiros por quatro equipes diferentes (Corinthians, Santos, Cruzeiro e Palmeiras), ele não tem conquistas expressivas desde a Série A de 2004. No período, são quatro títulos estaduais.

Ainda que em queda, Luxemburgo tem salário considerado top entre os treinadores brasileiros, mas encontrará um clube com problemas financeiros. Por dívidas com o Imposto de Renda, o Fluminense tem bloqueados na Justiça os valores arrecadados com as negociações de Wellington Nem e Thiago Neves. Os salários de jogadores e funcionários, por conta disso, estão atrasados. 

Em 17º lugar do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ocupa atualmente a zona de rebaixamento e acumula cinco derrotas seguidas na competição. A estreia de Luxemburgo será já nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro, no Maracanã.