Juan faz gol da vitória contra o Flamengo, mas não comemora

"Acontece", diz zagueiro sobre o gol contra o ex-time

Em um jogo equilibrado no estádio Centenário em Caxias do Sul, um zagueiro decidiu o jogo entre Internacional e Flamengo. O gol de Juan foi marcado aos 46 do segundo tempo. O detalhe é que Juan começou a vida no futebol dentro da Gávea. Talvez por isso, o zagueiro não comemorou o gol que levou o time à 4ª colocação. O Flamengo desceu para a 13ª posição.

O primeiro tempo foi de poucas chances de gol em um jogo equilibrado. O Inter só teve uma boa chance aos 29, quando D'Alessandro cruzou para Forlán que, de esquerda, chutou por cima do gol de Felipe. O Flamengo, mais bem organizado do que nos últimos jogos, conseguiu uma boa chance aos 46, quando João Paulo cruzou e Marcelo Moreno triscou de cabeça para bela defesa de Muriel, evitando o gol. 

Logo aos 4 minutos do segundo tempo, um lance inacreditável: D'Alessandro armou a jogada do cruzamento para Fabrício, que ficou frente ao gol vazio. O zagueiro, no entanto, conseguiu perder o gol.

O Flamengo teve duas boas chegadas ao gol, com Bruninho e Adryan, mas faltava poder de finalização ao rubro-negro. O juiz foi muito criticado pela torcida do Inter aos 40 minutos, quando Josimar entrou na área e sua perna enganchou na do volante do Diego Silva.

O castigo veio aos 46 minutos do segundo tempo: Juan, ex-zagueiro do Flamengo entre 1997 e 2001, aproveitou bobeira de Felipe e da zaga do Flamengo para tocar de cabeça e marcar o último do jogo. O jogador, porém, não comemorou muito enfaticamente o gol da vitória, em respeito ao antigo time. "Minha vida no futebol foi formada dentro do Flamengo. Mas nessa vida profissional isso pode acontecer", disse o zagueiro a respeito do gol.