Jornal: afastado, Marcelo Moreno chora e não descarta jogar no Inter  

Marcelo Moreno era peça importante do Grêmio em 2012, mas na atual temporada não figura nem no banco do time tricolor. Ignorado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, o atacante boliviano relatou sua tristeza em entrevista ao jornal Zero Hora e admitiu que vai às lágrimas por sua situação. "Estou apaixonado pela torcida e vai continuar sendo assim. É por isso que estou ficando. Independentemente de todo esse momento que estou passando. Sabendo que, em um ano, fui goleador e, no outro, nem no time B estou. Quando chego em casa, choro sozinho", revelou.

O centroavante teve seu nome ligado a uma possível transferência ao Palmeiras como parte da negociação do Grêmio por Hernán Barcos, mas viu seu pai ironizar o clube paulista e seguiu em Porto Alegre. Adaptado à capital gaúcha, Moreno quer ficar e não descarta defender o Internacional, caso receba proposta. "Quem sabe? Em junho tomo a decisão. Se houver interesse forte e eu souber que lá vou ser feliz e respeitado, por que não?", especulou.