Ecclestone dá entrada VIP e se oferece para cuidar de cão de Hamilton  

O britânico Lewis Hamilton conta com um reforço na torcida durante a temporada 2013 da Fórmula 1. Após um pedido encaminhado por e-mail ao chefe da categoria, Bernie Ecclestone, o piloto conseguiu uma credencial VIP para que seu cachorro, o buldogue de nome Roscoe, possa frequentar o paddock dos Grandes Prêmios.

Em entrevista publicada pelo diário inglês The Guardian, Hamilton disse que ficou nervoso ao mandar o e-mail a Ecclestone, que pediu uma foto do cachorro antes de decidir sobre a permissão. O piloto afirmou ter enviado uma na qual Roscoe usava fones de ouvidos e, embora o dirigente não tenha se mostrado muito feliz com a novidade, concedeu a credencial – no cartão, será justamente essa a imagem que identificará o buldogue.

Hamilton define Roscoe como “muito divertido” e o “cão mais legal do mundo”. O piloto disse que o animal "todo dia" o leva às lágrimas e contou que será acompanhado pelo cão nas corridas disputadas na Europa – o cachorro não visitará, portanto, o paddock do GP da Austrália, onde a temporada será aberta neste fim de semana.

Ao diário alemão Bild, Ecclestone comentou sobre o pedido inusitado do novo representante da McLaren. Ele se disse um “imenso fã” de buldogues, mas se mostrou preocupado com a possibilidade de Hamilton levar o cachorro até para o grid de largada antes das corridas.

Ecclestone ainda completou dizendo que se ofereceu ao piloto para cuidar do cão enquanto que o dono estiver em ação nas provas. Rindo, o dirigente afirmou que levará Roscoe para passear.