Sem saber de punição, colombiano chega a SP após 1 mês de carona

Ainda esperançoso para entrar no estádio do Pacaembu para assistir ao jogo entre Corinthians e Millionarios, às 22h desta quarta-feira, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, o colombiano Oscar Toño, 18 anos, foi até a portão, mas acabou se deparando com um imenso vazio na praça Charles Muller, que já está bloqueada.

Torcedor fanático do Millionarios, Oscar saiu de Bogotá dia 10 de janeiro e após pegar diversas caronas nas estradas brasileiras chegou em São Paulo no último dia 17 de fevereiro para tentar assistir ao seu time na Libertadores.

Ele afirmou que só soube do que havia acontecido na Bolívia e da punição do Corinthians no torneio sul-americano quando pisou no Brasil. "Quando eu soube disso, já estava aqui. Mas agora vou esperar o jogo terminar e seguir para Oruro, assistir ao Millionarios contra o San José, na Bolívia", disse o fanático colombiano. "Sempre acompanho meu time, desde menino vou para todos os lados", completou.

Oscar comentou sobre a punição e disse que achou justa a ausência de torcedores nos jogos do Corinthians. “Já que está decidido, não se pode fazer mais nada. Vi que eles (policiais) já colocaram barreira para ninguém passar. Terei que ir embora”, lamentou o torcedor, que, apesar de não ter dinheiro, tentará assistir à partida em algum bar da cidade de São Paulo. “Qualquer lugar que tenha TV”, disse.