Jefferson diz que Botafogo já está com cara boa e destaca nova mentalidade

Com grandes defesas e saídas precisas do gol, Jefferson foi um dos destaques do Botafogo no empate em 1 a 1 com o Fluminense. O goleiro foi decisivo ao evitar dois gols de Wellington Nem e um de Valencia. Apesar da boa atuação individual, o foco do camisa 1 é coletivo, como o pensamento na classificação na Taça Guanabara.

"O único resultado que não esperávamos foi contra o Bangu. O tropeço ainda nos custa caro. Temos que vencer os próximos três jogos. Merecíamos a vitória sobre o Fluminense, procuramos do início ao fim e saímos de cabeça erguida. Agora, nosso objetivo é ir lá em Bangu, esquecer campo e temperatura, achar alternativa e vencer o Audax", conta o goleiro.

Um dos motivos para Jefferson manter o otimismo é o sistema defensivo. Em três jogos, o time sofreu apenas um gol. Para ele, é questão do tempo para o Botafogo encontrar o rumo das vitórias.

"A gente manteve nossa base. Quem entrou foi o Bolívar e, por sinal, muito bem. Estamos com uma cara boa, do que o Oswaldo nos pede, pressionar, agredir, posse de bola... Estamos precisando só de vitórias. Criamos, temos volume maior de jogo, temos que definir. Estamos no caminho certo", crê Jefferson, que vê um Botafogo diferente em 2013.

"Tive duas passagens no clube, de 2003 a 2005 e de 2009 até agora. Mudou muito o clube, principalmente a mentalidade. O Botafogo está pensando como time grande. Empata com o Fluminense e sai todo mundo chateado, decepcionado porque poderia vencer. Não podemos nos acomodar. Queremos jogar Libertadores, não podemos sair de campeonato achando que é normal. Temos que continuar com essa mentalidade, vencer e conquistar resultados", completa o goleiro, que mantém como objetivo a Seleção Brasileira.


Site do Botafogo