Feliz com Flu, Abel garante: empate em clássico não chateia

Em dois jogos com grande presença de jogadores reservas, o Fluminense conquistou seis pontos na Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. A campanha já agrada ao técnico Abel Braga, que afirmou depois da vitória por 3 a 1 sobre o Olaria, nesta quinta-feira, que não vai ficar chateado com um empate no clássico com o Botafogo, no próximo domingo, no Estádio do Engenhão.

"Seis pontos em duas rodadas é muito bom. Se empatarmos no clássico, não vou ficar chateado. Só se for um empate injusto. Porque ficaremos com a mesma pontuação do Flamengo e já tendo jogado um clássico", disse o treinador, já vislumbrando como vai ser a briga com o maior rival pela liderança do Grupo B - os rubro-negros, após empate com o Madureira, ficaram com quatro pontos.

Abel gostou do que viu em campo contra o Olaria, jogo em que alguns jogadores considerados titulares - Leandro Euzébio, Edinho, Jean, Thiago Neves, Wellington Nem e Bruno - entraram em campo pela primeira vez na temporada. Ele só achou que o time não precisava ter tomado um gol na vitória por 3 a 1.

"Foi como se o jogo tivesse tido 60 minutos, 30 do primeiro tempo e 30 do segundo. A movimentação foi excelente, depois surgiram os erros. Quando o jogo está 3 a 0 você não pode oferecer o gol para o adversário. Mas são erros normais para esta altura da preparação", conformou-se.

O técnico acha cedo demais, no entanto, para haver um clássico. "Gostaria que o primeiro clássico não fosse nosso. Mas está marcado, paciência. É muito cedo. Ainda mais porque nós temos Copa Libertadores. Uma competição a mais que os outros e uma competição que significa muito. Vamos tentar fazer o nosso melhor, fazer um bom jogo. Sempre encontramos dificuldades enormes contra o Botafogo”.