Veterano no elenco, Diguinho aprova a mescla entre juventude e maturidade

Na primeira partida do Campeonato Carioca, o técnico Abel Braga escalou um time de reservas composto por jogadores experientes e atletas recém-promovidos da base. Com o resultado positivo, a tendência é que a fórmula seja mantida. Capitão da equipe nesta primeira vitória, e um dos mais antigos do elenco, o volante Diguinho concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, 23, e analisou de forma positiva a estratégia adotada pelo comandante.

"Eu acho que essa mescla é boa. Você misturar alguns jogadores experientes com um pouco de juventude é necessário. Você tem que ter essa dosagem. Assim as coisas começam a se encaixar de maneira mais fácil. É isso que o professor vem fazendo e está dando certo. Acho que tem que dar ritmo a todo mundo, em todas as competições. O total de jogos esse ano pode chegar a 70. Pelo grupo que temos, todo mundo tem que estar bem, com ritmo", avaliou o experiente volante.

O camisa oito tricolor destacou ainda que o Carioca, ao contrário do que muitos afirmam, não é um simples campeonato experimental.

"O Campeonato Estadual é importante para a gente. Nós somos os atuais campeões e estamos na competição para defender esse título. Sempre que entrarmos em uma competição nós vamos entrar para buscar a vitória", enfatizou o volante.

Diguinho também acredita que a equipe terá uma atuação mais solta nesta segunda partida da competição.

"O time terá uma melhora grande, sem dúvida. Por ser o segundo jogo, por termos estreado bem, já passou aquela ansiedade. No dia a dia dos treinamentos você vai pegando confiança, pegando ritmo, a força em volta. Tudo isso é normal. Nesse segundo jogo nós já vamos encaminhando o nosso objetivo", concluiu o meio-campista.


Site do Flu