Bolívar e Gilberto comemoram boa atuação e vitória do Botafogo

Para um, era a estreia no Botafogo. Para o outro, o primeiro jogo como titular no time principal. E ambos, Bolívar e Gilberto, saíram com saldo positivo. Com boas atuações, ajudaram o time a conquistar a vitória por 3 a 0 sobre o Duque de Caxias na abertura da Taça Guanabara. Os dois deram entrevista coletiva juntos nesta segunda-feira.

Aos 19 anos, Gilberto convive com elogios com tranquilidade. A mesma personalidade que teve dentro de campo mantém fora das quatro linhas para não se deslumbrar.

"Na minha primeira atuação fui bem, como eu esperava dentro do que trabalhei e treinei. Não ia fugir das minhas características. Vou esperar mais oportunidades porque estou chegando agora e tenho que batalhar muito, estou substituindo um lateral de Seleção", afirmou Gilberto, que quase fez um belo gol em jogada individual.

"Naquela bola só faltou um assopro para entrar. No mais, a atuação foi boa, só faltou aquele gol mesmo", brincou.

O lateral-direito aprovou atuar e dar entrevista ao lado de Bolívar ("É um profissional excelente, um xerife dentro de campo. É bom demais jogar ao dele"). Por outro lado, recebeu conselhos e palavras de incentivo. 

"Gilberto, pelo que podemos notar, é muito profissional, se dedica aos treinamentos e é de família. São essas as pessoas que vão estar no momento difícil. Porque, quando se faz uma grande partida, aparecerem inúmeras pessoas querendo estar à sua volta. Que ele possa continuar trabalhando, não se empolgar muito com o que comentam e respeitar os companheiros. Vai brigar por posição na equipe, com certeza", elogiou o zagueiro.

No caso de Bolívar, a estreia ainda teve um ingrediente a mais: o segundo gol do Botafogo, de cabeça. Um lance que pode ajudar o experiente zagueiro, de 32 anos, a se consolidar no time.

"Gol na estreia ajuda muito. Sempre se fala que a primeira impressão é que fica. São jogadas treinadas que fizemos, os gols devemos muito ao Oswaldo. Já tinha admiração antes de trabalhar com ele, por escutar coisas boas, o que cresceu com o contato. Comecei com o pé direito, e a equipe começou muito bem", destacou Bolívar, otimista para 2013.

"Foi muito importante pela vitória, a estreia é muito complicado pela ansiedade, o torcedor espera grande partida. E conseguimos fazer o nosso melhor. Fiquei muito feliz por ter contribuído. Foi muito convincente a estreia, mas temos que melhorar ainda, é claro. Esperamos um ano muito consistente", finaliza.

Site do Botafogo