Daniele Hypólito diz que colocaria silicone e reclama de ombro largo 

Ginasta há mais de 20 anos, medalhista em Campeonatos Brasileiros e Jogos Pan-americanos, e estrela dos Jogos Olímpicos desde 2000, Daniele Hypólito, 28 anos, tem um corpo bastante definido. As atletas de ginástica artística costumam ter um fíisico característico: baixa estatura, ombros largos e braços definidos. Com Daniele não é diferente e, apesar do amor que tem pelo esporte, ela gostaria de mudar seu físico. “A única coisa mais estranha é o ombro mais largo. Se eu pudesse, mudaria os ombros para não ficarem tão largos. Mas nunca tive problema com isso, nem sofri preconceito dos homens”, disse ela em entrevista ao Terra por telefone.

Mas, se depender de parar o esporte para ficar mais estreita, isso não vai acontecer. Daniele está focada nas Olimpíadas de 2016, está na segunda semana de treino intenso e não pretende por o pé no freio nos próximos anos. “Estou pensando muito em 2016, daqui para frente cada dia é importante. Treino de seis a sete horas por dia, divididas em dois períodos”, disse ela. Primeiro a carreira e depois a vaidade, mas ela contou que já passou por uma hidrolipo, para redução de gordura, e faria cirurgia plástica. “Se eu parasse a ginástica, talvez colocasse silicone”, cogitou. 

Solteira, ela ainda não pensa em ser mãe, pelo menos não até 2016. Mas cuida da aparência e boa forma. “Mudei o cabelo, fiquei loura”, contou. Para manter os fios sadios, ela faz hidratação em um salão profissional uma vez por semana. “A tintura resseca muito”, comentou. A boa forma vem com a profissão: treino artístico de manhã, musculação a tarde e uma dieta indicada por nutricionista. “Tomo café, almoço e janto, mesmo que seja algo leve. Não dá tempo de comer a cada três horas, mas não restrinjo nada”, disse ela. 

Moda para baixinhas

“Gosto de sair mais arrumadinha. Se vou ao shopping coloco um salto, gosto de saia e vestido”, contou. “Tenho 1,50 m, mas não é por isso que gosto de salto”, acrescentou. Para alongar a silhueta, ela procura estar sempre com um shortinho mais curto e sempre de sapato alto. “Não deixar a roupa muito larga em cima e se for muito magra, usar algo mais larguinho. Eu procuro estar com uma coisa mais curta, com cuidado. Sempre uso um shortinho de meia calça por baixo, para não aparecer nada”, indicou.

Nas horas de folga, Daniele tenta descansar e esquecer um pouco da pressão dos treinos. “Gosto de ir ao cinema, ver comédias românticas, sair com os amigos e sentar na beira da praia para conversar”, enumerou.