Após derrota para Velásquez, Cigano promete recuperar cinturão

O Natal de 2012 já é passado, mas na noite deste sábado houve troca de um presente em Las Vegas. O americano Cain Velásquez castigou o brasileiro Junior "Cigano" dos Santos e recuperou o cinturão dos pesados do UFC. Para o lutador da casa, a vitória veio como um presente para celebrar de forma a atrasada com sua mulher o 25 de dezembro.

"Esse é o presente de Natal da minha mulher. Querida, estou com seu presente de Natal aqui", comemorou o lutador após a vitória por decisão unânime dos jurados na luta principal do UFC 155 na MGM Grand Garden Arena.

"Essa foi a luta mais difícil que já encarei. Estava muito cansado, mas fiquei pensando: 'faça, faça, faça'", afirmou Velásquez, que dominou a luta por completo, arrasou o adversário e pegou de volta o cinturão que havia perdido para o brasileiro em novembro de 2011.

Abatido com a derrota, Cigano se irritou por ser vaiado pelo público de Las Vegas. "Porque estão fazendo isso?", perguntou. Os torcedores se silenciaram após o questionamento e puxão de orelha do apresentador Joe Rogan, ao que o brasileiro agradeceu, para a seguir explicar o que houve.

"O jogo dele foi muito eficiente e hoje ele foi melhor do que. Cain Velásquez, como você disse, eu vou voltar e pegar meu cinturão de volta", avisou Cigano, projetando uma terceira luta contra o americano.