Vasco recebe proposta milionária da Europa por Dedé

Dedé pode trocar o Vasco pela Europa em 2013

A diretoria do Vasco recebeu na quarta-feira uma proposta milionária pelos direitos federativos do zagueiro Dedé. A informação foi confirmada pelo diretor executivo do departamento de futebol, René Simões, que demonstrou preocupação com o risco de perder o atleta, considerado um dos principais ídolos do atual elenco. O clube que fez a investida está sendo mantido em sigilo, mas nos bastidores de São Januário fala-se na Juventus, da Itália, uma antiga admiradora do futebol do atleta.

"O Dedé sempre recebe propostas, e o Vasco sabe que é preciso usar a criatividade para manter um jogador deste nível no futebol brasileiro. Mas estamos trabalhando nesta linha. Não queremos perder o jogador", disse René, que negou que os problemas financeiros vividos pelo Vasco possam contribuir para que o zagueiro seja liberado.

"Uma coisa não tem ligação com a outra, até porque o Vasco não é o único clube do Brasil que tem deficiências financeiras. Mas não pensamos em resolver os problemas dessa maneira. Os jogadores sabem que estamos trabalhando. Eles não querem mais os atrasos salariais, mas sabem que nós também não queremos, e por isso que acredito no projeto do Vasco", disse René.

O Vasco conseguiu recentemente ampliar o contrato do zagueiro até o fim de 2015, cedendo, para isso, um aumento salarial. A multa rescisória está na casa dos R$ 70 milhões e o clube deseja manter Dedé pelo menos até a disputa da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. O jogador vinha sendo convocado pelo técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, e deverá ser mantido nas listas de Luiz Felipe Scolari. Dedé, porém, esteve fora das últimas semanas da temporada por conta de uma fratura na perna esquerda.

O jogador vai se reapresentar com o restante do elenco no início de janeiro, mas a tendência é que perca os primeiros jogos da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.