Dirigente do COL morre no Rio de Janeiro aos 71 anos

O gerente geral de relacionamento com as sedes do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014, Fábio Starling, morreu neste domingo aos 71 anos. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, em nota oficial emitida pelo próprio COL.

De acordo com o comunicado, Starling “sofreu um ataque cardíaco no final da manhã deste domingo”. O dirigente jogava frescobol com colegas na Praia do Pepê, no Rio de Janeiro, quando se sentiu mal. Médicos ainda tentaram reanimá-lo por 40 minutos, mas sem sucesso.

Fábio Starling era responsável pelo contato direto com secretários, prefeitos e governadores das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014. Em seu último compromisso com o COL, ele participou do sorteio dos grupos da Copa das Confederações, no sábado, em São Paulo.

Também segundo a nota, “o presidente José Maria Marin, a diretoria e todos os colaboradores do COL manifestam os mais sinceros sentimentos aos amigos e familiares de Starling, que teve papel fundamental na organização da Copa do Mundo da Fifa até aqui e será sempre lembrado pela simpatia e ternura na relação com os colegas”.

Ex-jogador de vôlei, Fábio Starling fez parte do extinto Conselho Nacional do Desporte, do Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, e do comitê de candidatura para a Olimpíada de 2016. Casado, ele deixa três filhos. Seu corpo será cremado ainda nesta segunda-feira, em cerimônia restrita à família.