Campanha do Atlético-MG renderia título nos últimos 3 anos; veja

No ano em que voltou a se candidatar de forma direta pela disputa do título brasileiro, o Atlético-MG pode considerar que "deu azar". Com o rendimento de 72 pontos em 38 jogos - 63,2% de aproveitamento - a equipe alvinegra seria campeã nas três temporadas anteriores (2009, 2010 e 2011), mas encontrou em 2012 um Fluminense que também fez excelente campanha para ficar com o título.

O aproveitamento do Atlético é melhor que três campeões da era dos pontos corridos: o Fluminense de 2010, o Corinthians de 2011 (ambos com 62,3%) e o Flamengo de 2009 (apenas 58,8%). Nestas três temporadas, se tivesse repetido o desempenho atual, o time mineiro venceria seu primeiro título nacional desde o Campeonato Brasileiro de 1971.

Já na ponta da tabela, o Cruzeiro de 2003, liderado por Alex e Vanderlei Luxemburgo, segue imbatível. O time celeste fez impressionantes 100 pontos em 46 jogos (o Brasileiro tinha 24 times) e terminou com aproveitamento de 72,5%. Logo em seguida aparece o São Paulo de 2006, com 68,4%.

Confira o ranking dos campeões da era dos pontos corridos (com o Atlético-MG de 2012 incluído)

1. Cruzeiro de 2003 - 100 pontos em 46 jogos (72,5%)

2. São Paulo de 2006 - 78 pontos em 38 jogos (68,4%)

3. São Paulo de 2007 - 77 pontos em 38 jogos (67,5%) - 23 vitórias

4. Fluminense de 2012 - 77 pontos em 38 jogos (67,5%) - 22 vitórias

5. São Paulo de 2008 - 75 pontos em 38 jogos (65,8%)

6. Santos de 2004 - 89 pontos em 46 jogos (64,5%)

7. Corinthians de 2005 - 81 pontos em 42 jogos (64,3%)

8. Atlético-MG de 2012: 72 pontos em 38 jogos (63,2%)

9. Corinthians de 2011 - 71 pontos em 38 jogos (62,3%) - 21 vitórias

10. Fluminense de 2010 - 71 pontos em 38 jogos (62,3%) - 20 vitórias

11. Flamengo de 2009 - 67 pontos em 38 jogos (58,8%)