Presidente procura por novo executivo de futebol, mas Zinho e Dorival ficam

Patrícia Amorim garante Dorival e Zinho para a próxima temporada se vencer a eleição

Além de falar sobre a concessão do estádio do Maracanã, Patrícia Amorim contou sobre os projetos de 2013 para o futebol do Flamengo caso seja reeleita à presidência. 

Dorival, segundo ela, fica até o final de 2013, assim como Zinho. O atual diretor de futebol executivo, porém, deve dar lugar a outro profissional.

Segundo Patrícia, há quatro profissionais muito fortes no mercado, e um deles já iniciou conversas com o rubro-negro para estar no clube no ano que vem:

"Temos o Felipe Ximenes, do Coritiba, o Eduardo Maluf, do Atlético-MG, o Chumbinho do Internacional e o Rodrigo Caetano, do Fluminense. Todos são grandes profissionais, e um deles virá para trabalhar nas contratações, fazer prospecção de mercado. Queremos que um deles venha. Mas tem que ganhar a eleição", ressaltou Patrícia.

Procurado pelo Jornal do Brasil, Rodrigo Caetano declarou que, apesar da grande honra em ser citado pela presidente do Flamengo, não foi contactado pela mandatária rubro-negra, e nega qualquer chance de se transferir para o rival.

"Não existe possibilidade nenhuma disso acontecer hoje. A gente tem um contrato jurídico e moral com o clube, e isso prevalece", limitou-se a dizer Caetano, que já trabalhou no Grêmio e no Vasco, com grande destaque, antes de chegar ao Flu em 2012 e ser campeão nesta temporada.