Brasileira Alexandra disputa prêmio de melhor do mundo no handebol

A Federação Internacional de Handebol (IHF) anunciou nesta sexta-feira as finalistas do prêmio de melhor do mundo com uma grande novidade: uma brasileira. Dentre as cinco atletas que mais se destacaram na temporada está o nome da ponta direita Alexandra, que já havia sido eleita a melhor de sua posição na Olimpíada de Londres. 

Artilheira da Seleção Brasileira e do último Mundial da categoria, Alexandra é a única atleta não-europeia da lista divulgada pela IHF. A jogadora, 31 anos, concorre com as montenegrinas Bojana Popovic e Katarina Bulatovic, a croata Andrea Penezic e a norueguesa Heidi Loke, vencedora do prêmio na temporada passada. 

Para justificar a indicação de Alexandra, a IHF lembrou as conquistas recentes da Seleção Brasileira feminina de handebol comandada pelo dinamarquês Morten Soubak (quinto lugar no Mundial de São Paulo, em dezembro do ano passado, e sexto na Olimpíada de Londres, tendo liderado o grupo na primeira fase). Além disso, a Federação Internacional mencionou que a brasileira, que defende o Hypo, da Áustria, é famosa pelos "gols nos contra-ataques e pelo sangue-frio nas cobranças de 7 m". 

A votação de melhor jogadora do mundo foi iniciada nesta sexta-feira no site da IHF e é aberta para jornalistas e fãs até o dia 23 de dezembro, mas o ganhador prêmio só será anunciado em janeiro de 2013, antes do Mundial masculino na Espanha. Quem vencer receberá também um cheque de 10 mil euros (aproximadamente R$ 28 mil).