Perto de ser superado por Messi, Ronaldo diz que tinha mais rivais

Favoritíssimo para vencer a Bola de Ouro mais uma vez no próximo dia 7 de janeiro, o argentino Lionel Messi se tornaria assim o único tetracampeão do prêmio já aos 25 anos. Até o presente momento, porém, ele divide o topo com Zinedine Zidane e Ronaldo, que coincidentemente participou do anúncio dos finalistas, nesta quinta-feira, em São Paulo. O brasileiro, por sinal, fez diversos elogios a Messi e em uma comparação pessoal disse que tinha mais concorrentes em sua época. Os demais concorrentes da edição 2012 são Cristiano Ronaldo e Andrés Iniesta.

"Nessa época atual, o Messi e o Cristiano Ronaldo são os dois únicos brigando por esse título individual. Na minha época, tinha o Zidane concorrendo comigo, o Figo, o Rivaldo, o Ronaldinho, o Beckham...era uma lista de 10 prováveis vencedores e qualquer um que ganhasse seria justo", afirmou Ronaldo. Ele venceu o prêmio em 1996, 97 e 2002 e ainda ficou na segunda posição em 98 e 2003. Zidane, também tricampeão, levou em 1998, 2000 e 2003.

Ronaldo, apesar da análise, se disse fã de Lionel Messi, que também tem dois vice-campeonatos do prêmio. "É muito justo pelo que o Messi está conquistando e fazendo. Não tenho nenhuma vaidade ou inveja, que ele me supere ou qualquer recorde no mundo. Portanto desejo toda sorte e que conquiste tudo o que puder conquistar. Estaremos assistindo o futebol dele, que é maravilhoso, e serei contente só de poder admirar isso pela TV."

O brasileiro, por sinal, apontou favoritismo para Messi, autor de 79 gols no ano que ainda não chegou ao fim. "Acho que, sem dúvida, em algum momento o Cristiano vai ganhar a Bola de Ouro. É um jogador fantástico e da lista dos três, acho que o Messi e o Cristiano Ronaldo estão bastante à frente do Iniesta, que sempre achei um excelente jogador e merece estar na lista. Mas ainda acho que o Messi está um degrau acima do Cristiano Ronaldo."