Clube alemão oferece contrato e pode ajudar saída de Breno da prisão

Diretor esportivo do Nüremberg, Martin Bader confirmou à imprensa que o clube da primeira divisão alemã está disposto a assinar contrato com o zagueiro Breno, preso por ter incendiado a própria casa quando defendia o Bayern de Munique. O movimento do clube, pelo qual o brasileiro passou por empréstimo há dois anos, pode ajudar em uma liberação. 

"Se ele entra em prisão aberta e tem permissão para trabalhar na Alemanha, vamos oferecer uma oportunidade. Vamos ajudá-lo. Se ele tiver a oportunidade de jogar de novo, estamos prontos", anunciou Martin Bader ao jornal alemão Sports Bild. 

Breno, 23 anos, já não tem mais contrato com o Bayern de Munique, e foi condenado a três anos e nove meses por incêndio criminoso. A defesa do jogador apresentou recurso, que deve ser julgado nas próximas semanas. A possibilidade de um contrato profissional pode auxiliar na liberação do zagueiro revelado pelo São Paulo.