Torcida do Flamengo protesta contra Patricia Amorim

Apesar de os holofotes da noite estarem voltados para o reencontro com Ronaldinho, a torcida do Flamengo vai dando mostra, antes da partida desta quarta-feira, às 22h, contra o Atlético-MG, que o alvo da ira está bem longe do hoje adversário.

No principal setor de entrada dos rubro-negros no Engenhão, o leste, há muitas faixas contra a presidente Patricia Amorim. A passagem do astro pelo Flamengo também parece ter deixado mágoas. Poucos torcedores trajavam a camisa 10 que foi de Ronaldinho na chegada ao estádio.

Um dos maiores ídolos da História do Flamengo, Andrade pediu para os torcedores não provocarem o craque. Ele também não vê Ronaldinho como o único vilão da conturbada saída do jogador do Flamengo.

"Acho que houve erros dos dois lados, tanto do Ronaldinho e quanto da diretoria. Mas esse tipo de pressão que a torcida do Flamengo está querendo fazer não funciona. Até porque ele o tipo de jogador que gosta deste tipo de ambiente", avisou o técnico que esteve frente da última conquista rubro-negra no Campeonato Brasileiro.