Flu derrota Portuguesa fora, mantém ponta e pressiona Atlético-MG 

O Fluminense conquistou um importante resultado e se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro, independentemente dos outros placares da 24ª rodada da competição. Na noite desta quarta-feira, a equipe comandada pelo técnico Abel Braga derrotou a Portuguesa pelo placar de 2 a 0, em pleno Estádio do Canindé, e pressionou ainda mais o Atlético-MG, vice-líder e que ainda possui um jogo a menos que os cariocas.

O resultado conquistado fora de casa deixa o Fluminense em confortável situação na tabela de classificação. O time chegou aos 53 pontos e abriu cinco em relação aos mineiros, que encaram o São Paulo ainda nesta quarta e o Flamengo no duelo adiado. A Portuguesa, por outro lado, permanece com 29 pontos, na parte intermediária.

Embalado pelo triunfo conquistado a partir dos gols de Jean e Wellington Nem, o Fluminense, que não perde desde 26 de julho, quando caiu para o Grêmio (já são 12 jogos de invencibilidade), encara no sábado, às 18h30 (de Brasília), o desesperado Atlético-GO, em Volta Redonda. A Portuguesa, em busca da recuperação no Brasileiro, enfrenta na mesma data e horário o São Paulo, no Estádio do Morumbi.

A Portuguesa iniciou a partida impondo pressão ao adversário. O atacante Bruno Mineiro, isolado na área, teve boas chances no primeiro tempo, mas sofreu com os sucessivos erros de finalização. O panorama do jogo pouco mudou nos minutos seguintes, e o time mandante dominou o primeiro tempo.

Apesar do maior volume ofensivo, a principal oportunidade de gol na etapa foi de Wellington Nem, aos 8min, quando o rápido meia do Fluminense apareceu livre na frente de Dida, mas perdeu a chance ao finalizar em cima do goleiro.

Portuguesa e Fluminense concentraram o jogo no meio-campo, abusaram das faltas ¿ foram 16 no primeiro tempo - , e aparentaram satisfação com o resultado da etapa. A situação mudou logo de cara no segundo tempo.

Na volta do intervalo, o treinador Abel Braga sacou o volante Diguinho para colocar o atacante Rafael Sóbis, e fez a partida ganhar em emoção. O time carioca foi mais ousado, e consequentemente, deixou espaços para a Portuguesa atacar.

O time mandante seguiu dominando o confronto, mas vacilou na fase final da partida. Jean, aos 28min, abriu o placar com um chute certeiro de fora da área. Wellington Nem, dois minutos depois, aproveitou deslize do zagueiro Gustavo, roubou a bola na área, e ainda driblou Dida antes de marcar.

Nos minutos finais, a Portuguesa passou a atuar de maneira desordenada, e ainda escapou de uma goleada no Canindé. O líder Fluminense foi dominado em boa parte do jogo, mas conseguiu uma vitória com cara de campeão.