Figueirense vence, embala contra rebaixamento e complica Cruzeiro 

O Figueirense derrotou, nesta quarta-feira, o Cruzeiro por 2 a 0 e contabilizou a quarta partida seguida sem perder na Série A do Campeonato Brasileiro. E, por conta da campanha nas últimas rodadas, o time catarinense passou a vislumbrar com mais força a saída da zona do rebaixamento.

O triunfo deixou o Figueirense, que visita o Bahia no próximo domingo, com 22 pontos. Já o Cruzeiro, que perdeu o terceiro embate consecutivo na competição, permaneceu com 34. Na próxima rodada, a equipe celeste receberá o Vasco, na cidade de Varginha (MG).

Escalado com cinco jogadores no meio de campo, o Cruzeiro ficou mais com a bola no começo do jogo. Mas, dispondo apenas do atacante Wellington Paulista na frente, pouco chegou ao ataque. Já o Figueirense, apesar do fator casa, também não foi muito incisivo. As melhores jogadas saíram dos pés do atacante Aloísio.

Aos 34min, porém, o ritmo da partida se alterou. O zagueiro João Paulo cobrou falta com perfeição e abriu o placar no Estádio Orlando Scarpelli. O time mineiro, sem ter tempo de acusar o golpe, quase igualou no minuto seguinte. Depois de rápido contra-ataque, Montillo bateu na saída do goleiro Wilson e viu a bola passar rente à trave. Quase o gol de empate.

Antes ainda do intervalo, o Cruzeiro assustou novamente. Aos 45min, Wellington Paulista recebeu dentro da área e rolou de calcanhar para Montillo. O argentino, que poderia bater de primeiro, tentou o corte e, na sobra do lance, arrematou fraco.

Na segunda etapa, os visitantes melhoraram. Na marca dos 12min, Souza tabelou com Tinga e, na entrada da área, bateu rasteiro. O arqueiro Wilson, com a ponta dos dedos, mandou para a linha de fundo.

Aos 23min, o Figueirense tomou outro susto. Wellington Paulista se antecipou ao zagueiro e, na pequena área, escorou de cabeça no travessão. No rebote, a defesa mandante afastou.

Apesar da blitz cruzeirense (que perdeu o ímpeto aos 34min, quando o zagueiro Léo foi expulso), os anfitriões controlaram o jogo e, aos 40min, liquidaram. Aloísio marcou de cabeça e fechou a conta. Com o resultado, o Figueirense somou mais três importantes pontos. Os mineiros, por outro lado, seguiram distantes do G-4.