Ferrai volta a elogiar Massa, mas não acelera renovação

A Ferrari mais uma vez elogiou Felipe Massa pelo quarto lugar no GP da Itália, mas afirmou que não vai acelerar o processo de renovação do contrato do brasileiro, que termina ao fim da temporada, segundo a Sky Sports. Além disso, descartou a contratação do mexicano Sergio Pérez, da Sauber, para 2013.

Segundo o chefe Stefano Domenicali, a equipe está "muito orgulhosa da corrida de Felipe" e o considera um grande piloto, um profissional. Ele teve o desempenho que a Ferrari queria, mas não há planos de "acelerar ou desacelerar" o processo.

Pérez é apontado como o principal candidato a suceder Massa. Membro da Academia de Pilotos da equipe, ele esteve em Maranello nesta semana para trabalhar no simulador, mas o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, acredita que o mexicano de 22 anos ainda não está preparado.

Também à Sky Sports, ele afirmou que ainda é muito cedo para colocar toda a pressão da equipe em alguém tão jovem. Montezemolo está muito orgulhoso da temporada de Pérez, porque comprova que foi um acerto escolhê-lo para a Academia de Pilotos. A revelação da Sauber já subiu ao pódio três vezes este ano e está com 65 pontos, em nono lugar na classificação.

O italiano também deu força às especulações de que Sebastian Vettel poderia trocar a Red Bull pela Ferrari. A imprensa da Europa acredita que há um acordo para 2014 entre as duas partes. Montezeomolo vê o bicampeão no mesmo patamar de Michael Schumacher na Benetton e, se teoricamente tivesse que escolher um nome para correr na equipe, "diria o dele".

Schumacher deixou a Benetton em 1996 para correr pela Ferrari com dois títulos mundiais e ganhou mais cinco em Maranello.