Após vencer US Open, Murray perde relógio avaliado em R$ 8 mil 

Após vencer o primeiro Grand Slam da carreira, e o primeiro de um britânico em 76 anos, em uma épica disputa de quase cinco horas contra Novak Djokovic, a primeira preocupação de Andy Murray não foi aproveitar o momento. 

Segundo o jornal britânico Daily Mail, o escocês buscou desesperadamente um relógio avaliado em 2,5 mil libras (cerca de R$ 8 mil) logo após vencer o US Open.

De acordo com a publicação, Murray foi até as arquibancadas após a vitória para perguntar para sua namorada, Kim Sears, sobre o relógio, afirmando que não o achava.

Tamanho desespero para quem havia acabado de ganhar quase US$ 2 milhões (cerca de R$ 4 milhões) de premiação pela vitória do Aberto dos EUA pode ter uma explicação: o tenista fechou há três meses um contrato milionário de patrocínio com uma marca de relógio.

O acessório foi achado a tempo de ser usado durante a cerimônia de premiação. Murray venceu Djokovic por 3 sets a 2, em uma das finais mais longas da história do US Open. O tenista ainda conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012.