Mourinho e presidente do Real marcam reunião com Cristiano Ronaldo 

A novela da "tristeza" de Cristiano Ronaldo ganhará um importante capítulo na próxima quarta-feira. Segundo o jornal espanhol As, o técnico do Real Madrid, José Mourinho, e o presidente Florentino Pérez irão se reunir com o jogador assim que ele voltar dos compromissos com a seleção de Portugal para conversar pessoalmente sobre a atual situação do atacante no clube.

Segundo o diário, tanto o treinador, quanto o mandatário madrileno, sabem da importância do astro para os projetos da equipe, o que obriga uma resolução das desavenças publicamente expostas após o jogo entre Real Madrid e Granada. Apesar de negar que o problema é econômico, Cristiano Ronaldo ficou incomodado após ver Di María, Arbeloa, Albiol e Higuaín renovarem seus contratos.

De acordo com o As, o fato de ser apenas o sexto maior salário do mundo perturba o português, já que ele é um dos dois melhores do mundo ao lado de Messi. O atacante também crê que o Real Madrid não utiliza suas armas de propaganda da mesma forma que o Barcelona faz com o argentino e considera que isso o coloca em inferioridade de condições para lutar por prêmios como a Bola de Ouro e melhor da Europa.

José Mourinho e Florentino Pérez estão dispostos a resolver logo a situação do seu astro, segundo o diário. O objetivo é dar solução para o caso antes da próxima rodada do Espanhol, no final de semana. O treinador afirmou que "Ronaldo é nosso matador e necessitamos dele", mas dirá ao seu compatriota que não gostou da forma como ele mostrou seu mal-estar com o clube.