Botafogo vence e se aproxima do G-4: Flu segue na liderança após vencer Inter

Botafogo está a apenas dois pontos do G-4. Fluminense segue forte na luta pelo título.

Apesar de algumas complicações inesperadas, o Botafogo venceu o Náutico por 3 a 1 no Engenhão e chegou à 5ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 37. Os gols foram marcados por Elkeson(duas vezes) e Andrezinho, enquanto Araújo descontou para a equipe pernambucana.

O Botafogo começou a partida a todo vapor e marcou logo a um minuto: Andrezinho correu até a linha de fundo e cruzou para Elkeson. O atacante tocou de letra e fez um golaço para abrir o placar da partida. O primeiro tempo seguiu com domínio botafoguense, e o mesmo Elkeson faria o segundo do alvinegro.

Aos 33, a jogada se repetiu: Andrezinho fez a jogada e passou para Elkeson, que driblou o zagueiro e aumentou o placar. Tranquilidade para o Bota no primeiro tempo. 

 Se no primeiro só deu Botafogo, a situação se inverteu na etapa final. O Náutico entrou com mais disposição e diminuiu aos 9:  Souza foi derrubado por Gabriel dentro da área. Araújo bateu e fez a pequena torcida do Náutico vibrar. 

 A partir deste momento, o jogo passou a ficar mais à feição do visitante, e Renan fez algumas belas defesas para evitar o empate em um jogo que parecia tranquila. No fim, no entanto, Andrezinho recebeu passe de Seedorf na esquerda e chutou na saída do goleiro para a garantir a vitória do Botafogo.

Na volta de Fred, Flu bate o Inter

Após assumir a liderança do Campeonato Brasileiro na última rodada, o Fluminense conseguiu uma importante vitória sobre o Internacional por 1 a 0 no Beira-Rio na tarde deste domingo, em partida válida pela 23ª rodada. A equipe tricolor contou com a volta do artilheiro Fred, que fez o único gol do jogo e se isolou na artilharia da competição com 11 tentos.

Com a vitória fora de casa, o Fluminense se manteve na liderança da competição com 50 pontos ganhos. Já o Internacional vê suas chances de chegar ao G-4 cada vez mais distantes. Após a derrota, a equipe colorada caiu para a 7ª posição, com 35 pontos.

No reencontro entre Abel Braga, campeão da Libertadores pelo Inter em 2006, e Fernandão, atual comandante do time gaúcho e capitão naquele título, o mestre levou a melhor sobre o aprendiz. O jogo foi bastante disputado, mas o time carioca contou com o faro de gol doatacante Fred para somar três pontos fora de casa e disparar na liderança. Os gaúchos sofreram mais um revés e continuam com campanha irregular no Campeonato Brasileiro.

Internacional e Fluminense entraram em campo em situações distintas. Enquanto o time carioca tinha a volta do artilheiro Fred, os gaúchos não contavam com Guiñazu, Forlán, Leandro Damião, D'Alessandro e Rafael Moura. Com muitos desfalques, o time do técnico Fernandão sofreu no início da partida. Bem postado na defesa, o time tricolor anulava as principais jogadas do adversário e tornava a partida muito truncada no meio-campo.

Na primeira chance clara de gol no jogo, Fred não desperdiçou. Aos 28min, Wellington Nem puxou rápido contra-ataque, rolou para o artilheiro que tocou por baixo do goleiro Muriel para abrir o placar e se isolar na artilharia do Brasileiro com 11 gols. O resultado adverso despertou o Internacional, que tentava chegar com chutes de fora da área e cruzamentos, interceptados pelos zagueiros do Fluminense.

Na segunda etapa o jogo começou bem mais movimentado. Logo aos 2min, Dagoberto recebeu cruzamento rasteiro na área e finalizou, mas, Leandro Euzébio interceptou de cabeça evitando o gol de empate. Mais organizado, os mandantes tomaram conta da partida mas esbarravam na atuação segura da defesa carioca. Aos 12min, Nei derrubou Wellington Nem e recebeu o segundo amarelo. Mas, um minuto depois, Leandro Euzébio chutou Índio e também deixou o campo mais cedo.

Com mais espaço em campo, o Inter partiu para cima e Élton teve boa chance, mas, mais uma vez, os defensores do Fluminense evitaram o gol. No lance seguinte foi a vez do Flu chegar com perigo. Jean cobrou escanteio, Fred cabeceou e quase faz o segundo. O jogo seguiu em ritmo movimentado, mas o time carioca se manteve firme na defesa e segurou a vitória por 1 a 0 até o final do jogo.

Na próxima rodada, o líder Fluminense joga novamente fora de casa e viaja até São Paulo, onde enfrentará a Portuguesa, na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Canindé. Já o Internacional tenta se recuperar da derrota em casa contra o embalado Botafogo, no Engenhão, na quinta-feira, às 21h.