Polonesa sensação na Olimpíada é ouro no tênis de mesa paralímpico 

A polonesa Natalia Partyka, 23 anos, jogadora de tênis de mesa que não tem o braço direito, foi uma das sensações da última Olimpíada. Ao lado do sul-africano Oscar Pistorius, ela é a única a disputar tanto os Jogos Olímpicos quanto os Paralímpicos em 2012. Na tarde desta segunda-feira, ela conquistou a medalha de ouro do torneio individual classe 10, após bater a chinesa Qian Wang por 3 sets a 2, parciais de 11/5, 11/13, 11/9, 7/11 e 11/4.

A decisão foi o jogo mais difícil da Natalia na competição, já que a paratleta havia vencido as quatro partidas que disputou por 3 sets a 0, sendo que uma havia sido contra a mesma chinesa que reencontrou na final.

Esse foi o terceiro título da polonesa em Paralimpíadas, que conquistou o ouro também nos Jogos de Atenas 2004 e Pequim 2008. Ainda no torneio de 2012, ela disputará o torneio de equipes classe 6-10, estreando no campeonato na próxima quinta-feira. O adversário da Polônia ainda não foi definido.

Natalia, que também disputou os Jogos Olímpicos de Pequim, havia vencido uma partida na Olimpíada de Londres, sendo derrotada e eliminada na terceira rodada da competição.