Ponte Preta vira e mantém Atlético-GO na vice-lanterna

Eficiente nas jogadas aéreas, a Ponte Preta derrotou, neste domingo, o Atlético-GO por 3 a 1 e subiu na classificação da Série A do Campeonato Brasileiro. Ao contrário do time goiano, que, com escassos 16 pontos, permaneceu na vice-lanterna.

Com o triunfo, obtido em Campinas, a equipe do interior paulista somou 27 e assumiu a 11ª posição. A vitória deu também ânimo ao clube, que, na próxima quarta-feira, visitará o Flamengo. No mesmo dia, o Atlético-GO enfrentará o Grêmio em Porto Alegre.

O jogo

Após empatar com o líder Atlético-MG na última rodada, a Ponte Preta começou a partida desatenta e, por isso, viu o Atlético-GO abriu o placar no Estádio Moisés Lucarelli. Aos 8min, depois de confusão na área, o zagueiro Diego Giaretta improvisou uma puxeta e mandou para a rede do goleiro Edson Bastos.

A equipe campineira juntou os cacos e partiu para cima em busca do empate. O jovem atacante Luan criou várias chances, mas não conseguiu vencer o goleiro Márcio, que foi ao vestiário como herói ao aparar, aos 44min, chute rasteiro de Marcinho dentro da área.

Na volta do intervalo, o técnico da Ponte Preta, Gilson Kleina, voltou com Nikão e Renê Junior (nos lugares de Diego Sacoman e Ricardinho respectivamente) e deu mais ofensividade à equipe. E, aos 12min, os anfitriões empataram. Luan cruzou e Giancarlo, de cabeça, arrematou.

Depois do empate da Ponte Preta, a partida ficou aberta. E, aos 22min, os mandantes, novamente pelo alto, viraram o marcador. Marcinho cobrou falta e o zagueiro Ferron completou: 2 a 1.

A vitória, no entanto, só foi consumada aos 39min. Após ótima defesa de Márcio, o zagueiro Cléber, que tinha acabado de entrar para fortalecer a defesa, definiu o placar.

Ficha técnica

PONTE PRETA 3 X 1 ATLÉTICO-GO

Gols

ATLÉTICO-GO: Diego Giaretta , aos 8min do primeiro tempo

PONTE PRETA: Giancarlo, aos 12min do segundo tempo, Ferron, aos 22min do segundo tempo, e Cléber, aos 39min do segundo tempo

PONTE PRETA: Edson Bastos; Ferron, Tiago Alves, Diego Sacoman (Nikão) e Cicinho; Baraka, Ricardinho (Renê Júnior), Marcinho (Cléber) e João Paulo; Luan e Giancarlo Treinador: Gilson Kleina

ATLÉTICO-GO: Márcio; Marcos, Gilson, Diego Giaretta e Eron; Pituca, Marino (Vanderlei), Ernandes e Danilinho (Diogo Campos); Wesley (Alexandre Oliveira) e Patric Treinador: Jairo Araújo

Cartões amarelos

ATLÉTICO-GO: Diego Giaretta, Eron, Wesley, Pituca e Marino

PONTE PRETA: Luan e Tiago Alves

Cartão vermelho ATLÉTICO-GO: Marcos

Árbitro

Nielson Nogueira Dias (PE)

Local

Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)