Oswaldo diz estar próximo de definir equipe titular para o clássico 

Aos poucos, Oswaldo de Oliveira vai definindo como utilizará Seedorf no meio-campo do Botafogo. Na estreia contra o Grêmio, o treinador sacou Andrezinho para a entrada do camisa 10. No treino da manhã desta terça-feira, o comandante voltou com o antigo titular e tirou Fellype Gabriel da equipe. Sereno, o técnico disse estar próximo de saber o time que encara o Vasco, às 20h30 desta quarta-feira. 

“Ele está noventa por cento garantido. Tenho duas possibilidades, dependo de alguns fatores. O principal é a recuperação do Seedorf. A outra é a estabilidade da equipe, que vinha jogando com o Fellype. Estou entre essas duas possibilidades”, disse Oswaldo, explicando porque treinou com Andrezinho nesta terça-feira. “Não preciso testar o time com o Fellype porque a gente já vem há bastante tempo”, disse. A escalação de Seedorf depende somente de sua recuperação do desgaste da estreia. Ainda aguardando uma última avaliação, Oswaldo espera poder contar com o holandês nesta quarta-feira pela 12° rodada do Brasileiro. 

“Só depende dessa nossa avaliação. Ele conversou comigo mais sobre o jogo em si. Ele, até esta terça-feira, teve uma excelente recuperação, estava tudo normal. Conversamos mais sobre o jogo, posicionamento”, contou o comandante, que explicou o porquê de fazer um rápido coletivo nesta terça. “Fiz o treinamento de hoje para que se habituem com ele. Ele também vai disputar bola dividida, está vestindo nossa camisa”, lembrou. Apesar da derrota, Oswaldo viu um ponto extremamente positivo no jogo contra o Grêmio. As arquibancadas cheias do Engenhão entusiasmaram o treinador. 

“Foi uma demonstração muito importante da qual precisamos porque o Botafogo tem se esforçado muito. Temos jogado muitas partidas boas, até as que perdemos. Este apoio da torcida pode ser o que faltava para nós”, disse. “Saí de campo lamentando muito, mas a manifestação da torcida me deixou com muitas esperanças”, encerrou o comandante.

Site do Botafogo