Contra Espanha, Cristiano Ronaldo reabre discussões sobre Real x Barça 

É verdade que há Casillas, Sergio Ramos, Arbeloa e Xabi Alonso, mas em uma seleção portuguesa que também tem três portugueses do Real Madrid (Pepe, Coentrão e Cristiano Ronaldo) seria natural relembrar que há um pouco de Barcelona x Real nas semifinais da Eurocopa, quarta-feira, em Donetsk. Afinal, o Barça tem cinco titulares, mais reservas e é a grande inspiração para o futebol jogado pelos espanhóis. E o trio dos merengues é o coração da equipe de Portugal.

Cristiano Ronaldo, sobretudo, foi lembrado em entrevistas de Iker Casillas, seu colega de Real. "Não acho que Cristiano já está em seu melhor nível na Euro, porque ele teve uma temporada incrível no Real Madrid", disse Iker, capitão da seleção espanhola e de seu clube. Ele lembrou dos duelos entre o camisa 7 e Piqué, zagueiro da Espanha. "Ele esteve muito bem contra Ronaldo na seleção e no Barça", disse.

Ainda assim, o astro português exibe números expressivos nos seis duelos que teve entre Real Madrid e Barcelona na última temporada. Campeão espanhol, Ronaldo fez quatro gols nos confrontos e, ainda que só tenha tido uma vitória, levou o título nacional. "É muito bonito para Portugal, oito anos depois, poder jogar uma final de novo. É muito difícil, mas estamos a um passo de repetir", lembrou Cristiano em entrevista à Uefa.

Artilheiro da Eurocopa com três gols e decisivo para as últimas duas vitórias de seu país, Ronaldo ainda negou qualquer sabor especial de enfrentar a Espanha, seleção que despachou Portugal nas oitavas de final da última Copa do Mundo. O jogo terminou 1 a 0, com gol de Villa. Mas, meses depois, os portugueses se vingaram com um 4 a 0 e show particular do próprio camisa 7.

"É uma grande equipe e em nosso país se diz que será um confronto ibérico, muito interessante. Espero que possamos ganhar, será uma dura batalha, mas não há nada de diferente, jogo partidas assim há 10 anos", lembrou.