Após seis anos, Corinthians retorna a terra de vexames históricos

O Corinthians desembarcou com tranquilidade na última segunda-feira em Buenos Aires, onde fará o jogo mais importante de sua história na próxima quarta-feira. Contra o Boca Juniors, em La Bombonera, a equipe paulista fará o primeiro jogo da decisão da Copa Libertadores da América, torneio que cobiça há décadas. Entretanto, terá que enfrentar também um retrospecto bastante desfavorável em solo argentino.

O Corinthians jamais venceu um jogo de mata-mata de torneios oficiais atuando em solo argentino. Pelo contrário: foi derrotado em sete. Desde 1991, quando enfrentou justamente o Boca Juniors e sucumbiu por 3 a 1, pelas oitavas de final da Copa Libertadores, a equipe alvinegra caiu contra os vizinhos em três competições distintas. A última delas ocorreu há seis anos, quando o Lanús venceu por 4 a 2 e se classificou na Copa Sul-Americana.

Pela extinta Copa Mercosul, por exemplo, sucumbiu contra o San Lorenzo em 1999 e 2001, pelas quartas e semifinais, após derrotas por 2 a 1 e por 4 a 1, respectivamente. Também perdeu para o River Plate nas oitavas das Libertadores de 2003 e 2006, com derrotas no confronto de ida por 2 a 1 e por 3 a 2. Já contra o Rosário, em 2000, perdeu por 3 a 2 na Argentina, mas reverteu na volta e avançou.

A única exceção ocorreu em 2005, quando um time reserva do Corinthians segurou empate por 1 a 1 contra o River Plate, empatou por 0 a 0 em São Paulo e seguiu adiante rumo às quartas da Copa Sul-Americana. O duelo representou a solitária vez em que o clube do Parque São Jorge não sofreu dolorosas derrotas para os rivais da Argentina.

O time brasileiro ainda enfrentou argentinos em competições oficiais em mais cinco oportunidades, com apenas um triunfo e outras quatro derrotas, todos pela Copa Mercosul. Perdeu para Racing (1 a 0, em 1998), Independiente (por 2 a 0, em 1999, e por 1 a 0, em 2001) e Boca Juniors (3 a 0, em 2000, no que foi a última visita ao La Bombonera). O solitário triunfo ocorreu em 1999: uma convincente goleada por 3 a 0 contra o Vélez.

O Corinthians volta a campo na Argentina após seis anos de ausência nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), de olho até em um empate para poder decidir um título inédito em São Paulo, no dia 4 de julho. Nesta segunda, a equipe chegou com tranquilidade a Buenos Aires e demonstrou total concentração naquele que é considerado o mais significativo jogo da história do clube do Parque São Jorge.

Veja todos os confrontos do Corinthians na Argentina em torneios oficiais:

1991 - Oitavas de Final da Copa Libertadores - Derrota por 3 a 1 contra o Boca 

1998 - Primeira fase da Copa Mercosul - Derrota por 1 a 0 contra o Racing 

1999 - Primeira fase da Copa Mercosul - Vitória por 3 a 0 contra o Vélez Sársfield 

1999 - Primeira fase da Copa Mercosul - Derrota por 2 a 0 para o Independiente 

1999 - Quartas de Final da Copa Mercosul - Derrota por 2 a 1 para o San Lorenzo 

2000 - Oitavas de Final da Copa Libertadores - Derrota por 3 a 2 para o Rosário 

2000 - Primeira fase da Copa Mercosul - Derrota por 3 a 0 para o Boca Juniors 

2001 - Primeira fase da Copa Mercosul - Derrota por 1 a 0 para o Independiente 

2001 - Semifinal da Copa Mercosul - Derrota por 4 a 1 para o San Lorenzo 

2003 - Oitavas de Final da Copa Libertadores - Derrota por 2 a 1 contra o River 

2005 - Oitavas de Final da Copa Sul-Americana - Empate por 1 a 1 contra o River 

2006 - Oitavas de Final da Copa Libertadores - Derrota por 3 a 2 contra o River 

2006 - Oitavas de Final da Copa Sul-Americana - Derrota por 4 a 2 para o Lanús