Exposição polonesa tem febre por Brasil e Neymar, mas Ganso é omitido

A Nike dedicou aos brasileiros um importante espaço de uma exposição sobre a Eurocopa no principal shopping center da capital Varsóvia. Em meio a camisas de Polônia, Portugal, Holanda e França, entre outras europeias, é a Seleção Brasileira que tem maior destaque no local, sobretudo Neymar. É ele o principal personagem.

Ao todo, são sete fotos de Neymar, que realmente domina a exposição e já tem seu nome na ponta da língua dos poloneses. Há ainda imagens com destaques para Alexandre Pato (3), Ronaldinho (3), Robinho (2) e Ronaldo (2). Patrocinado também pela Nike, Paulo Henrique Ganso é a ausência sentida e a omissão de seu nome entre as caras conhecidas do Brasil no exterior tem muito a ver com a irregularidade de seu jogo desde a grave lesão sofrida em 2010, no joelho.

"Ganso? Não conheço. Ele já jogou pelo Brasil? Me diga com quem se parece", responde um dos expositores do local, o polonês Tom. Seu amigo bem informado, Roger, avisa sobre o meia brasileiro. "Conheço Ganso, sim. Joga com Neymar no Santos. Ele chutou um pênalti com cavadinha como o Panenka (checo que inventou a jogada na final da Euro 1976). Quem sabe não possa jogar por Real Madrid ou Barcelona".

Eles concordam sobre o talento de Neymar, que domina o local até com três vezes mais fotos que Cristiano Ronaldo, o principal garoto propaganda da Nike na atualidade. "Sim, ele é fantástico, grande jogador. Me lembra o Nani do Manchester United", compara Tom. Edyta, estudante polonesa, é outra a reverenciar o brasileiro. "Claro que conheço, Neymar é famoso. Mas me diga, quantos anos ele tem? É muito jovem", responde ao ser informada que ele tem 20 anos.

No espaço montado pela Nike, é possível disputar partidas de futebol no jogo Fifa 2012, se divertir com o pebolim (ou totó, como você preferir) e principalmente brincar em um enorme telão digital gigante. Você pode, por exemplo, imitar Szczesny, goleiro da seleção polonesa, e repetir suas defesas e ter a imagem reproduzida no telão. O ídolo local, aliás, era o protagonista do espaço no início, mas quase todas suas imagens após a desastrosa primeira fase foram retiradas.