Ba-Vi fica no 0 a 0 e adia definição do campeão baiano

O primeiro jogo das finais do Campeonato Baiano terminou neste domingo como começou: sem gols. Em duelo de poucas emoções no Estádio do Barradão, Vitória e Bahia ficaram no 0 a 0 e adiaram para o próximo domingo a definição do detentor da taça do Estado em 2012.

Os dois times começaram o jogo mostrando um futebol pouco inspirado, com jogadas sem efetividade e muita marcação. O Vitória, que buscava o domínio do meio de campo, perdeu Michel, machucado, ainda aos 33min da primeira etapa; sem condições, o rubro-negro deixou o campo e cedeu a vaga para o ex-santista Rodrigo Mancha.

No segundo tempo, o Vitória bem que tentou assustar aos 3min, mas o chute de Tartá passou apenas rente à trave do goleiro Marcelo Lomba. Apesar da festa das torcidas nas arquibancadas do Barradão, os dois ataques se mostravam pouco eficientes, deixando o Ba-Vi bastante sonolento.

Desta forma, os técnicos Paulo Roberto Falcão (Bahia) e Ricardo Silva (Vitória) apostaram nas mudanças dos times, sem sucesso. No fim da partida, Fahel e Léo trocaram empurrões, gerando confusão em campo. No entanto, ninguém foi expulso, mas o confronto seguiu amarrado até o fim.

Os dois times voltam agora a se enfrentar no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio de Pituaçu. Se levar a melhor, o Vitória o 27º título do Campeonato Baiano e amplia o jejum do rival. Mas caso o título seja tricolor, o Bahia encerra um longo jejum no Estado, conquistando seu primeiro Baiano "sozinho" desde 1998 - em 1999, Bahia e Vitória dividiram o caneco.