Alonso bate e atrasa Ferrari em testes

O bicampeão mundial Fernando Alonso protagonizou um acidente durante os testes oficiais da Fórmula 1 nesta quinta-feira, no circuito de Mugello, na Itália. Correndo "em casa", o piloto da Ferrari errou na curva Correntaio e se chocou com a barreira de proteção, danificando seu F2012. O espanhol não se machucou na batida.

De acordo com a conta oficial da Ferrari no Twitter, o carro sofreu danos que ainda não foram totalmente avaliados e está sendo observado pelos mecânicos da equipe. O ocorrido prejudicou os planos da escuderia.

"Uma saída de pista de Fernando vai atrasar o trabalho de hoje. Precisamos de ao menos duas horas para consertar os danos. Acontece", minimizou o texto dos italianos.

Os testes em Mugello são fundamentais para a Ferrari melhorar o desempenho do F2012, que vem apresentando dificuldades para competir com os modelos das principais equipes da categoria.

Vettel fecha manhã de quinta-feira na ponta

Após o encerramento da sessão matinal de testes, o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, dominou as ações e foi o mais rápido na pista. O atual bicampeão da F1 cravou 1min21s267, melhorando em 0s047 seu próprio tempo, que já era o melhor, feito com cerca de uma hora para o intervalo.

Líder dos testes de quarta, o francês Romain Grosjean apareceu em segundo com sua Lotus, apenas 0s067 atrás de Vettel. Alonso, apesar do acidente, ficou em terceiro, 0s029 mais lento que Grosjean.

Não houve brasileiros na pista nesta manhã de quinta-feira. O venezuelano Pastor Maldonado, da Williams, fez o pior tempo - prejudicado por um problema elétrico da equipe inglesa, ele completou apenas quatro voltas em Mugello.