Depois de vitória sobre Ferrer, Bellucci perde para holandês em Monte Carlo 

Um dia após bater o espanhol David Ferrer, número seis do mundo,e conseguir uma das maiores vitórias da carreira, Thomaz Bellucci não conseguiu manter o ritmo no Masters 1000 de Monte Carlo. Em partida disputada na tarde desta quinta-feira, o brasileiro, 45º colocado do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), perdeu para o holandês Robin Haase, o 55º, por 2 sets a 0: parciais de 6/2 e 6/3.

O jogo foi disputado em um saibro bastante pesado e lento em Monte Carlo, onde a chuva atrapalhou a rodada das oitavas de final. Os tenistas entraram primeiro em quadra aproximadamente às 12h (de Brasília) e precisaram parar de atuar ainda no primeiro game devido às más condições do tempo.

Uma hora depois a partida foi retomada e o que se viu foi um desempenho bastante irregular de Bellucci. Em todo o confronto o tenista só venceu 48% de pontos disputados com o primeiro serviço, índice que havia sido de 80% na quarta-feira, na vitória sobre Ferrer.

Mais consistente, Haase atuava de maneira defensiva e aproveitava a enormidade de erros não forçados do brasileiro, principalmente no backhand ¿ lado direito do tenista canhoto. Na segunda parcial, Bellucci ainda esboçou uma reação ao quebrar o serviço do rival e ter uma vantagem para empatar o placar por 3/3; no entanto, cometeu três erros seguidos, os dois últimos uma deixadinha na rua e uma dupla-falta, que mantiveram o rival no controle do placar.

Derrotado, o brasileiro desperdiça a oportunidade de enfrentar o sérvio Novak Djokovic nas quartas de final da competição.