Em jogo 250, Nadal bate finlandês e parte para o octa em Monte Carlo 

Rafael Nadal começou com vitória tranquila sua caminhada no Masters 1000 de Monte Carlo. O espanhol derrotou nesta quarta-feira Jarkko Nieminen (FIN), em dois sets, parciais de 6/4 e 6/3. A partida durou uma hora e 26 minutos.

Com uma quebra logo no início do primeiro set, Nadal não demorou a dominar as ações da partida. Consistente e agressivo do fundo da quadra, o espanhol imprimiu o ritmo dos pontos.

O segundo set não foi menos fácil para o espanhol, que conseguiu duas quebras de vantagem, e abriu 6/2. Na hora de sacar para o jogo, porém, Nadal hesitou e teve seu saque quebrado pela primeira vez na partida.

O bom momento do rival não passou, contudo, de um susto para Nadal, que conseguiu confirmar a vitória ao quebrar o saque do rival no game seguinte.

Na próxima rodada, Nadal enfrenta o vencedor do confronto entre Filippo Volandri (ITA) e Mikhail Kukushkin (do Cazaquistão). Com chave favorável, Nadal não tem grandes desafios até as quartas de final, quando pode enfrentar o também espanhol Nicolas Almagro. A vitória contra o Finlandês marcou a partida de 250 em quadras de saibro do espanhol em torneios ATP e também a 232° vitória de Nadal.

Nadal, que ainda busca seu primeiro título na temporada, tenta seu oitavo troféu consecutivo em Monte Carlo. O espanhol, dono de 46 troféus em sua carreira, é o maior campeão da história do torneio e único tenista na era profissional do tênis a vencer um torneio ATP por sete vezes seguidas. A última derrota de Nadal em Monte Carlo foi para o argentino Guillermo Coria, em 2003.

Com Federer fora do torneio, os grandes rivais de Nadal estão todos do outro lado da chave. Novak Djokovic, cabeça de chave número 1, e Andy Murray, terceiro classificado, só pegam Nadal numa eventual decisão.