Bellucci volta a brilhar e derruba top espanhol em Monte Carlo 

O brasileiro Thomaz Bellucci, em atuação impecável, derrotou nesta quarta-feira o espanhol David Ferrer - sexto do ranking da ATP - e se classificou para a terceira rodada do Masters 1000 de Monte Carlo. A vitória do paulista veio em dois sets, parciais de 6/3 e 6/2, em uma hora e 12 minutos.

Classificado para a terceira rodada, o brasileiro tenta em Mônaco mais um grande resultado em torneios Masters 1000.

No segundo Masters da temporada, em Miami, Bellucci foi às oitavas de final e acabou eliminado por Roger Federer. A campanha foi a segunda melhor em torneios deste nível do brasileiro, que foi semifinalista em Madri, em 2011, sendo eliminado por Novak Djokovic.

Começo arrasador

Confiante, Bellucci começou a partida sacando bem e atacando as devoluções de Ferrer. O brasileiro, que teve ótima atuação pelo Brasil na Copa Davis há duas semanas, não deu chances ao rival - um dos tenistas com melhor devolução no circuito - ameaçar seu serviço.

Como se não bastasse sacar bem, Bellucci em alguns games de saque do espanhol foi dominante também, conseguindo uma quebra logo no segundo game.

Correndo na frente, Bellucci sacou para abrir 3 a 0 e, em seguida, bastou ao brasileiro confirmar seu serviço para abrir 1 a 0. O ponto derradeiro do set inicial veio com uma bola para fora do espanhol. A primeira parcial durou 41 minutos.

Segundo set tranquilo

Depois da fácil vitória no primeiro set, Bellucci não esmoreceu e se manteve dominante no início do segundo set. Logo no primeiro game da segunda parcial, o brasileiro conseguiu mais uma quebra, sua segunda na partida, abrindo 2 a 0, depois de confirmar a quebra em seguida.

Ferrer, famoso por sua constância, não conseguiu incomodar Bellucci com seus sólidos golpes de fundo de quadra. Assim, o brasileiro só teve que manter seu serviço para fechar a partida.

Na próxima rodada, Bellucci enfrenta o holandês Robin Haase, 55 do mundo, que bateu o italiano Fabio Fognini (60) da ATP.