Rosberg e Schumacher fazem dobradinha da Mercedes no grid do GP da China

O alemão Nico Rosberg conquistou na madrugada deste sábado (horário de Brasília) a primeira pole position da carreira. O piloto da Mercedes registrou 1min35s121 e garantiu o primeiro lugar no grid de largada para o Grande Prêmio da China de Fórmula 1, terceira etapa da temporada de 2012 e disputado em Xangai. O heptacampeão Michael Schumacher, com 1min35s691 e beneficiado por uma punição a Lewis Hamilton, fecha a primeira fila ao lado do companheiro de escuderia.

Logo atrás das Mercedes ficou o japonês Kamui Kobayashi. O japonês, um dos destaques deste segundo dia de atividades em Xangai, registrou o tempo de 1min35s784 e largará na terceira colocação. O finlandês Kimi Raikkonen, da Lotus, terminou o qualificatório com o quarto tempo, com a marca de 1min35s898.

Embora Schumacher largue na primeira fila, a segunda posição do treino ficou com o britânico Lewis Hamilton, com o tempo de 1min35s626. O inglês, apesar da marca, perderá cinco colocações por conta da troca da caixa de câmbio de seu carro, mudança vetada pelo regulamento e que beneficiará diretamente o alemão Michael Schumacher, novo segundo colocado.

O espanhol Fernando Alonso, companheiro do brasileiro Felipe Massa da Ferrari, ficou com a nona posição.

Nico Rosberg estabeleceu 1min35s121 logo nos primeiros minutos do treino e assumiu a liderança da atividade com boa vantagem sobre seus concorrentes. Tranquilo com a marca, ele acompanhou dos boxes seus rivais tentarem superar seu tempo sucessivamente, mas sem sucesso.

Veja o resultado do treino classificatório para o GP da China de Fórmula 1

1: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1min35s121 

2: Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 1min35s626* 

3: Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - 1min35s691 

4: Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - 1min35s784 

5: Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) - 1min35s898 

12: Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1min36s255 

14: Bruno Senna (BRA/Williams) - 1min36s289

*Perderá cinco posições no grid