Levi Gomes aposta na conversa para levantar moral do Náutico

O time do Náutico já chegou no Ceará e, nesta quinta-feira, faz sua primeira partida sob o comando do treinador interino Levi Gomes, contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil. Sobre o adversário, o ex-auxiliar técnico de Waldemar Lemos diz que "é uma equipe que sai bem pelos lados, tanto Rafinha quanto Cauê, e tem a criação de Geraldo pelo meio. É um time forte e que está bem no Estadual. Mas eu estou confiante de que o Náutico vai voltar a ser aquele time competitivo neste jogo".

Depois de confirmar a escalação do Náutico, ele demonstrou que não tem fórmula mágica e que está acostumado com a situação, de assumir o comando em momentos de crise. Não inventou fórmula mágica, mas afirmou que "às vezes uma conversa mexe com o brio do jogador, você incentiva aquele atleta que estava de cabeça baixa. Não tem coisa melhor do que você conversar e mostrar ao jogador que ele pode fazer e vai chegar".

O interino elogiou o ex-treinador e lembrou que já tinha abertura para gritar com os atletas na beira do gramado, já que Waldemar é bastante calmo no banco de reservas. O time irá mesmo a campo com Gideão; Diego, Marlon, Ronaldo Alves; Marquinhos, Derley, Elicarlos, Eduardo Ramos, Jefferson; Dorielton e Siloé.

"Não tenha dúvidas que os jogadores vão fazer sempre o melhor para que o Náutico consiga os melhores resultados", disse o volante Elicarlos, que terá mais liberdade para chegar ao ataque com a opção do treinador de jogar no 3-5-2.