Lanzini quer gols e boas atuações para retribuir carinho da torcida do Flu

Seja no time titular ou entrando durante a partida, o argentino Manuel Lanzini é uma unanimidade entre os tricolores. Em pouco tempo de clube – apenas sete meses, já pintaram a identificação e as manifestações positivas vindas da arquibancada. No cotidiano das Laranjeiras, a relação de Manu com os torcedores pode ser entendida a partir das dezenas de pedidos diários para fotos e autógrafos. 

Por tudo isso ele pretende agradecer no campo, vestindo a camisa 11 do Fluminense:

Chances na Taça Rio – “Não podemos pensar no que vai ou pode acontecer nas outras partidas. Temos que jogar da mesma forma que estamos fazendo e alcançar o que é preciso: a vitória”.

Continuar no Flu – “Vou pensar em uma coisa de cada vez. Hoje, penso no jogo de amanhã (sábado). Depois, vem o pensamento no futuro”.

Boca Juniors – “O jogo de quarta-feira é importante por si só. Mas enfrentar o Boca, no meu caso, é sempre uma ocasião especial, por causa da minha ligação com o River Plate. Vou trabalhar para jogar, seja desde o início ou entrando durante a partida”.

Concorrência – “Todo jogador quer uma vaga no time titular, mas o elenco tem 30 e só entram 11. Então, a saída é treinar da melhor maneira para tentar um lugar na equipe”.

Língua Portuguesa – “Estou entendendo muita coisa, o que me ajuda a melhorar a comunicação com os jogadores, a comissão técnico e os torcedores”.

Torcedores do Fluminense – “Sempre me tratam com muito carinho, de uma forma generosa. Espero corresponder dentro do campo para levar felicidade a eles”.

Site do Flu