Massa ganha apoio da família no GP da China 

Um dia gasto no simulador e outro em reuniões com engenheiros de diversas áreas da Ferrari: esta foi a rotina de Felipe Massa antes do feriado de Páscoa. Único momento de descontração foi a gravação de um filme publicitário com o carro Ferrari Califórnia F1, na manhã desta sexta-feira, em Maranello. Pressionado pelos fracos resultados obtidos nos últimos anos, o piloto busca a força da união da família para tentar superar o momento delicado que atravessa na Fórmula 1.

Para o GP da China, que será realizado no dia 15 de abril, em Xangai, Felipe Massa contará com o apoio de sua mulher Raffaela e de seu filho, que viajarão para o país asiático com o piloto. Além do incentivo familiar, Massa também ressaltou a importância da união dentro da escuderia e classificou a Ferrari como sua "segunda família".

"Agora, eu estou voltando para casa, em Monaco. Amanhã (sábado) vou relaxar e então será a hora de me preparar para Xangai. Raffaela e Felipinho irão para a China comigo. Ter minha família ao meu lado durante uma viagem longa como essa é sempre muito agradável, especialmente quando estamos todos juntos com a minha segunda família: a Ferrari", afirmou o brasileiro ao site oficial da escuderia.

Os dias em que Massa ficou concentrado com os integrantes da equipe em Maranello foram muito importantes para acertar alguns detalhes estratégicos para a sequência da temporada. O brasileiro comemorou a oportunidade: "é sempre importante passar um tempo trabalhando em conjunto com a equipe na preparação para um Grande Prêmio", ressaltou.

O primeiro grupo de membros da Ferrari já viaja para a China neste sábado, junto com o equipamento técnico para trabalhar nos ajustes dos carros utilizados nesta fase inicial da temporada 2012. O restante da equipe irá para Xangai apenas nas próximas terça e quarta-feira.