Jogador é preso por não pagar pensão alimentícia a dois filhos

O jogador de futebol Tuta, 37 anos, foi preso no final da manhã de hoje por não pagar uma pensão alimentícia para dois filhos no valor superior a R$ 85 mil. A prisão foi feita pela polícia de Santa Bárbara do Oeste no Estádio Antônio Lins Guimarães, casa do União Barbarense, atual clube do atleta.

O atacante foi encaminhado ao presídio público da cidade de Casa Branca, cerca de 150 km de Santa Bárbara do Oeste. O mandado foi expedido pela 2ª Vara da Comarca de Birigui.

Moacir Bastos, o Tuta, já jogou em diversos grandes clubes brasileiros. Foi campeão carioca com o Flamengo em 2000 e com o Fluminense em 2005; com o Grêmio, conquistou o Gauchão em 2007. O jogador também atuou em clubes de menor expressão na Itália e Coreia do Sul.