Flu prepara o terreno para tricolores que assistirão a jogo contra o Arsenal

O Fluminense enfrenta o Arsenal (ARG), em Buenos Aires, no dia 18 de abril, em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. O clube já prepara tudo para proporcionar o máximo de conforto aos tricolores que vão à cidade torcer pelo time.

Representantes da Gerência de Arenas e do Departamento de Marketing adiantaram uma série de fatores ligados à partida a fim de facilitar a logística de todos os passos da torcida tricolor em terras argentinas. A unidade policial responsável pela área de Sarandí, onde fica o Estádio Julio Grondona (também conhecido como El Viaducto), foi comunicada sobre todos os detalhes acerca dos pontos de encontro, horários e necessidade de escolta, no dia da partida. A polícia de Buenos Aires também faz parte do esquema de segurança e irá escoltar o comboio até o pedágio próximo à cancha do Arsenal.

Pacotes especiais

A agência de viagens oficial do Fluminense está formatando pacotes personalizados, com diversas opções de itens, para levar a torcida a mais este desafio na luta pela conquista da América. Para observar as melhores possibilidades, a equipe enviada a Buenos Aires definiu os locais de hospedagem dos tricolores, testando in loco a qualidade dos hotéis.

– Observamos três locais para o evento Tricolor em Toda Terra, que será realizado em Buenos Aires. Estamos avaliando as opções, em conjunto com a equipe da Futebol Tour, parceira na agência Vou Ver o Flu – destacou Bernardo Pontes, do Departamento de Marketing.

Mais de 2 mil ingressos

Disposto a permitir que a galera das Laranjeiras faça, no Estádio Julio Grondona, uma festa tão linda quanto a que marcou a vitória do Fluminense sobre o Boca Juniors, 2 a1,em plena Bombonera, o gerente de Arenas, Carlos Eduardo Moura, volta ao Brasil com um número expressivo de bilhetes destinados aos tricolores.

– Conferimos o sistema de segurança dos setores em que ficaremos no estádio, na companhia do gerente executivo do Arsenal, Carlos Bueno. Com o respaldo que recebemos, estamos levando ao Brasil 2,5 mil ingressos para a venda aos torcedores, nos moldes do que foi feito no jogo contra o Boca Juniors, nesta mesma Libertadores – destacou Cadu.

Site do Flu