Felipão critica regulamento do Paulista para finais: "não temos casa" 

O treinador palmeirense Luiz Felipe Scolari lamentou a vantagem mínima prevista para as finais do Campeonato Paulista aos times de melhor campanha na primeira fase. Felipão, logo após a derrota para o Mirassol, sábado no Pacaembu, lembrou que terminar entre os primeiros não pode significar muito conforto, sobretudo nas quartas de final.

"O Paulista pode ser disputado dessa forma (no atual formato). Mas se você ficar entre os quatro primeiros, tem que ter vantagens. Não só jogar em casa. Em um jogo qualquer, pode ir para os pênaltis e tchau", lembrou Felipão. Caso o Santos vença a Portuguesa no domingo, o Palmeiras cai para a quarta posição a duas rodadas do fim.

"Não vale a pena disputar todo o campeonato com um entusiasmo porque pode acontecer isso. Os presidentes dos clubes deveriam impor essa vontade lá junto da Federação, mas aí é outro assunto que não compete mais a mim", analisou.

Ainda sem seu estádio próprio, já que a Arena Palestra só deve ser inaugurada no segundo semestre de 2013, Felipão ironizou a situação de sua equipe que tem mandado os jogos no Pacaembu. "Em primeiro lugar, não tenho casa. Se ficar em quinto ou sexto, é porque não tivemos competência", disse antes de usar um termo curioso para definir os jogos finais contra Guarani e Comercial, que antecedem a próxima fase.

"Ainda temos dois jogos e é nesses dois jogos que vamos ver quantos pontos podemos fazer. Vamos ajeitar o caminhão de melancias nesses dois jogos", afirmou sobre os ajustes que precisa fazer na equipe para a fase final do Paulista.