Inspirado, Real goleia Osasuna, chega a 100 gols e evita pressão

Golaço. O adjetivo utilizado para classificar um belo gol acabou muito bem representado no Estádio Reyno de Navarra, na cidade de Pamplona. Com golaços de Karim Benzema, Cristiano Ronaldo e Gonzalo Higuaín, o Real Madrid massacrou o Osasuna pelo placar de 5 a 1, neste sábado, e manteve a tranquilidade na liderança do Campeonato Espanhol, evitando a possibilidade de uma pressão ainda maior do arquirrival Barcelona. O atacante Nino diminuiu o marcador para o clube da casa.

Embalado pela terceira vitória consecutiva (contando o triunfo por 3 a 0 na última terça-feira contra o Apoel, pelo duelo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões da Uefa) e a marca de 100 gols somente na competição nacional, o Real Madrid chegou aos 78 pontos, número que o mantém tranquilo no primeiro posto da tabela. Em contrapartida ao time comandado por José Mourinho, o Osasuna permanece estacionado com 43 pontos, na sexta colocação.

Vitorioso neste sábado, o Real Madrid volta a concentrar a atenção para a Liga dos Campeões. Praticamente classificado à semifinal do torneio europeu em virtude do placar no Chipre, o time espanhol recebe na próxima quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), o Apoel, no Estádio Santiago Bernabéu - o clube dos brasileiros Marcelo e Kaká poderá perder por até dois gols de diferença. O Osasuna encara no próximo sábado, pelo Espanhol, o Rayo Vallecano.

A pressão implantada pela torcida em Pamplona não intimidou o Real Madrid. Pressionado para vencer em virtude da reação do Barcelona no Campeonato Espanhol, o time comandado por José Mourinho demorou apenas 6min para abrir o marcador. Cristiano Ronaldo recebeu pela ponta esquerda, pedalou e cruzou na medida para Karim Benzema, que acertou um chute de rara felicidade e anotou um golaço.

O tento anotado pelo centroavante francês facilitou ainda mais a missão do Real Madrid fora de casa. Apostando em investidas rápidas pelas laterais, especialmente pelo lado esquerdo, o time da capital espanhola dilatou o marcador, e novamente com uma pintura. Aos 36min, Cristiano Ronaldo recebeu pela intermediária e arriscou. O chute seco do português entrou no ângulo, sem chances para o goleiro Andrés Fernándes. Golaço.

O massacre dos visitantes em Pamplona não terminou com o ignorante arremate do português. Dois minutos depois, o argentino Gonzalo Higuaín recebeu passe em profundidade e utilizou a cavadinha para passar pelo goleiro adversário. Outro belo gol que fechou um magnífico primeiro tempo do time de José Mourinho em Pamplona.

Praticamente derrotado no primeiro tempo, o Osasuna ainda chegou a ensaiar uma reação no início da etapa final. Logo aos 2min, o atacante Nino aproveitou cruzamento oriundo do lado direito para diminuir o marcador. Contudo, aos 25min, Cristiano Ronaldo, de falta, transformou a simples vitória em goleada. Aos 31min, Marcelo cruzou para Higuaín marcar o 100º tento do time da capital no Campeonato Espanhol.