Maldonado faz elogios ao carro e Bruno Senna lamenta falta de sorte 

A Williams teve um desempenho bem distinto ao longo do Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1, neste fim de semana. Enquanto o venezuelano Pastor Maldonado conseguiu largar no oitavo lugar e andar quase toda a corrida na zona de pontuação, o brasileiro Bruno Senna teve um desempenho um pouco abaixo do companheiro nos treinos, e se prejudicou na corrida ao se envolver em acidentes.

Maldonado acabou não completando a prova - a exemplo de seu companheiro - ao se envolver em um forte acidente na última volta, quando era o sexto colocado e tentava tomar o quinto lugar de Fernando Alonso. Mesmo assim, o venezuelano fez elogios ao desempenho de seu carro ao longo de toda a corrida.

"O carro estava muito bom hoje. Nosso ritmo era rápido e consistente. Parecíamos competitivos até a última volta. Infelizmente, perdi a traseira do carro quando estava pressionando Alonso, e não tive para onde ir", lamentou Pastor Maldonado.

Bruno Senna, por sua vez, se envolveu em acidentes com Daniel Ricciardo na largada e com Felipe Massa na 48ª volta - neste último, acabou abandonando pouco depois. Apesar de ter feito uma corrida estável, o brasileiro da Williams lamentou a falta de sorte na prova no Circuito de Albert Park.

"Fiz uma boa largada, mas tentei a trajetória externa na primeira curva e senti que alguém me tocou. Tive que fazer um pit stop extra, o que dificultou as coisas. Minha corrida estava melhorando, mas tive o problema com Massa. A sorte não estava do nosso lado hoje. Corridas são assim, e agora precisamos olhar para frente e arrumarmos tudo para a Malásia na próxima semana", disse.