São Paulo apoia saída de Teixeira e projeta "reforma e progresso" na CBF 

O vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, aprovou a saída de Ricardo Teixeira da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), após mais de 23 anos de mandato. O dirigente tricolor declarou apoio ao novo mandatário, João Maria Marin, e ainda projeto "reforma na estrutura" e ainda tempos de "progresso" na CBF.

"O São Paulo apoia integralmente o novo presidente, João Maria Marin. É um homem extremamente competente e que vai estabelecer uma reforma na estrutura da Confederação. Mudanças devem ocorrer, coisa que o ex-governo não vinha fazendo e era preciso mudar. Precisamos e teremos progresso, o presidente novo tem totais condições de fazê-lo e é isso que esperamos", afirmou João Paulo de Jesus Lopes.

O mandatário ainda prevê que os dirigentes que ainda se mostram contrários à permanência de Marin no cargo devem mudar de opinião em breve, e que a expectativa é que clubes e federações se unam para o Mundial de 2014. "Sempre há oposição, ainda mais agora que vivemos um momento de transição. As dificuldades são naturais, mas os principais clubes vão dar suporte", acrescentou.

Presente no Estádio do Morumbi na noite desta quarta-feira para acompanhar o jogo entre São Paulo e Independente, pela primeira fase da Copa do Brasil, o dirigente ainda negou veemente que o clube acredite que Marin ajudaria o Morumbi a poder eventualmente disputar uma vaga na Copa do Mundo de 2014. "Não vejo condições de isso acontecer. O problema é com a Fifa, e não com a CBF", declarou.